Uncategorized

Novela: Toffoli suspende liminar que autorizava entrevista de Lula

Ficou difícil até para o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, entender o que fazer. Ele foi questionado pelo diretor-geral da Polícia Federal se deveria liberar ou não Lula para entrevista. Jungmann foi buscar em Dias Toffoli a resposta. O presidente da Corte determinou, então, que deve ser cumprida a decisão do ministro Luiz Fux, que proibiu que Lula conceda entrevista a Folha de S. Paulo dentro da prisão.
“Diante da solicitação, a fim de dirimir a dúvida no cumprimento de determinação desta Corte, cumpra-se, em toda a sua extensão, a decisão liminar proferida, em 28/9/18, pelo Vice-Presidente da Corte, Ministro Luiz Fux, no exercício da Presidência, nos termos regimentais, até posterior deliberação do Plenário”, despachou Toffoli.

3 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Precisamos invocar os espíritos de Nelson Hungria, Aliomar Baleeiro, Prado Kelly, Sebastião de Lacerda, Orozimbo Nonato, entre outros, para exorcizar os demônios que assombram o pretório excelso.

  2. O Ministro Dias Toffoli está que correto. a lei existe e deve ser cumprida por todos que ela atingiu, seja um trombadinha, um traficante, um estuprador ou um ex-presidente da república( em minúscula mesmo), se condenado nada de regalias. E tem outra coisa: oque o presidiário Luiz Inacionácio Lula da Silva tem a dizer q

  3. O Ministro Dias Toffoli está mais que correto: a lei existe e deve ser cumprida por todos que ela atingiu, seja um trombadinha, um traficante, um estuprador ou um ex-presidente da república( em minúscula mesmo), se condenado, nada de regalias. E tem outra coisa: o que o presidiário Lula da Silva tem a dizer que já não foi dito? É coisa de grupos de informação que buscam no sensacionalismo vender seus produtos, e com isso embaralhar a mente dos menos avisados. Por umas e outras é que o Brasil precisa de uma administração de choque, que cause impacto na comunidade e mostre que que ainda que sejam muitos, os marginais de gravata não mandam nesta terra, como certamente ocorrerá dia sete próximo.

Comente