Uncategorized

Princípe cotado para ser
chanceler de Bolsonaro


Jair Bolsonaro se recusa a falar em equipe ministerial antes da eleição de domingo (28), mas os nomes que já avançou e outros, confidenciados a amigos, permitem esboçar o eventual governo do candidato do PSL. Uma das grandes surpresas citadas por fontes ligadas a Bolsonaro é a provável definição do Príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança, cientista político, empresário, escritor e deputado federal eleito com 118 mil votos pelo PSL-SP, no cargo de ministro das Relações Exteriores.

3 Comentários

  1. Boa ideia, aposto que o cara sabe falar outras línguas além do português. O Brasil sempre teve chanceleres competentes, abolidos com a tomada do poder pelo pestismo. O Itamarati sempre foi reconhecido pela capacidade dos seus diplomatas, hoje não passam de uns burocratas ganhando em euro ou dólar.

Comente