Uncategorized

O novo chanceler de Bolsonaro

Depois da confusão gerada pelas declarações pró-Israel, Bolsonaro sinalizou que vai nomear um diplomata de carreira como principal nome do Itamaraty: “Meu compromisso é [nomear] pessoas que entendam do assunto naquela área. Poderia botar, por exemplo, um general nas Relações Exteriores, mas isso não vai acontecer. Vou botar alguém do próprio Relações Exteriores”.
Bolsonaro tentou amenizar as tensões na política externa ontem quando deu uma amenizada sobre a decisão de transferir a Embaixada do Brasil em Tel Aviv para Jerusalém. Disse que a alteração “não está decidida”.
O novo ministro terá bastante trabalho…

2 Comentários

  1. Como assim, não está decidida. Ele disse pessoalmente no culto que mudaria a embaixada para a terra prometida. Agora tem que cumprir, só falta ele ter enganado o povo de Deus, antes mesmo da posse!

Comente