Uncategorized

Assessor de Toffoli, o novo ministro da Defesa de Bolsonaro

Fernando Azevedo e Silva o futuro ministro da Defesa, ajudou na formulação de propostas para a campanha de Bolsonaro, ele deixou neste ano o Alto Comando do Exército e passou a auxiliar a presidência do STF, chefiada pelo ministro Dias Toffoli.
Antes disso, ele era chefe do Estado-Maior do Exército; e exerceu também os cargos de presidente da Autoridade Pública Olímpica e de comandante Militar do Leste no Rio de Janeiro.
A nomeação foi feita por sugestão do general Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército. Azevedo e Silva é da turma anterior à de Bolsonaro na academia de formação de oficiais. Eles serviram juntos na Brigada Paraquedista.

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

1 Comentário

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Bolsonaro foi o pistolão. Toffoli foi o martelão. Quem o mandou foi o gandola…

Comente