Uncategorized

Técnicos do TSE: ‘inconsistências’ nas contas da campanha de Bolsonaro

Na semana passada, a campanha de Bolsonaro entregou ao TSE a prestação de contas. No documento estão apontados arrecadações (R$ 4.377.640,36) e gastos (R$ 2.812.442,38).
O relator das contas é o ministro Luís Roberto Barroso, que, depois do laudo dos técnicos do TSE, apontou 23 ‘inconsistências’ que envolvem erros formais ou dados inexatos ou suspeitas de irregularidades na prestação, além da falta de documentos.
O pessoal da campanha de Bolsonaro terá que apresentar, em até três dias, as notas, os contratos e o detalhamento de contas.

(Foto: TV Globo/Reprodução)

5 Comentários

  1. Com a negativa de sacanagem, do WhattsApp, Facebook, Twitter e Instagran, na eleiçao do Bolsonaro. Sobrou a conta do cafezinho que ninguém assumiu…da nojo ou nao de morarmos num paizinho desse?

  2. Está difícil acha um indício de que Bolsonaro é corrupto, procuram até pêlo em ovo, chifre em cavalo mas Não desistem, é a tal Resistência que já queimou! O PT Não desiste nunca. Amanhã Lula Livre pra dar depoimento para a juiza Hardt e a Gleisi está CONVOCANDO a Militância para saldar o Condenado na chegada à Audiência! Haverá carreata KKKKK

  3. Os mesmos técnicos sobre os quais o Bolsonaro levantou suspeitas de codificarem a matriz de criptografia das urnas eletrônicas?!? Aí é fácil se vingarem não?
    Claramente aparelhado.

  4. O que causa espanto é o fato de que, num passado muito recente, os caixas 2 da PTzada larápia e dos demais partidos nunca foram constatados pelo competentes técnicos do nobre TSE. Foi necessária uma operação LAVA JATO para descobrir as falcatruas.
    De repente, mais do que de repente, eis que não passa nada ao crivo de tamanha competência e zelo da catrefa.
    Vou vomitar e já volto!

Comente