Uncategorized

Embaixador norueguês responde Lorenzoni

Depois que Onyx Lorenzoni, irritado com a pergunta de um repórter, disse que a “Noruega tem de aprender conosco sobre preservação ambiental“, o embaixador norueguês, Nils Martin Gunneng, resolver responder à declaração.
Pelo Twitter, em três posts e muita diplomacia, mandou o recado: a dizer que o país “aprendeu muito a respeito de preservação com o Brasil. São dez anos de parceria entre nossos países, e os resultados pelo Brasil, pelo Fundo Amazônia e pelo BNDES são impressionantes. Temos orgulho de ter contribuído”. Gunneng também convidou Lorenzoni à Embaixada da Noruega para conversar sobre a floresta e outras áreas de cooperação entre o Brasil e o país europeu.

A Noruega é a principal doadora internacional do combate ao desmatamento da Amazônia brasileira. Iniciado com um aporte de US$ 1,1 bilhão do governo da Noruega, o Fundo Amazônia chegou a US$ 1,2 bilhão com doações da Alemanha e da Petrobras.

3 Comentários

  1. Que ótimo, isto prova que os noruegueses sentiram a pancada. Agora estão avisados de como pensa e vai agir o novo governo. Se estiverem de acordo podem continuar aportando recursos, se não suspendam os investimentos porque o Brasil e a Amazônia vão continuar existindo.

  2. O grande problema dessa participação financeira da Noruega, é que esses recursos vão para Ongs que atuam no Brasil. A grande maioria dessas Ongs são de esquerda e querem impedir o nosso desenvolvimento e atuam diretamente financiando e estimulando invasões a propriedades privadas. Sempre criando o caos no setor produtivo.

Comente