Uncategorized

Ditadores unidos

Fernando Haddad: “Estamos com o radar ligado para mobilizar as forças progressistas de outros países, uma vez que essa onda conservadora tem um caráter internacional”.
Augusto Nunes: “Fernando Haddad, candidato à Presidência pelo PT surrado nas urnas, sem esclarecer se as forças que pretende mobilizar incluem companheiros tão progressistas quanto Nicolás Maduro, ditador venezuelano, Evo Morales, há 12 anos na gerência da Bolívia, e Raúl Castro, que herdou Cuba do irmão Fidel, fora o resto”.

6 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Chamem Requião para juntar-se aos carcomidos. Ele não fazia nada mesmo, e agora oficialmente não terá mais nada pra fazer.

  2. Organização paramilitar se instalando e se organizando para desestabilizar, e colocar em dúvida, o Estado Democrático de Direito brasileiro, de forma a justificar qualquer proteção soberana do nosso território, como medida de garantir os direitos fundamentais da população. Quem ama o país e pretende melhorá-lo com suas idéias não se organiza para deslegitimar e azarar os próximos 4 anos que tantos aguardam.
    Pessoas com essa índole acabam por perder a razão e fortalecem ainda mais a esquerda legítima de Ciro Gomes. Que tem agido com ponderação e inteligência. Político tem que dar o exemplo e ser referência de amor ao país, e não ao partido.

  3. SERGIO SILVESTRE Responder

    Os aliados do Haddad é a dignissima esposa do Augusto Nunes que não se aguenta ficar perto de um sujeito tão sujo e brocha.

  4. luiz do litoral Responder

    A esquerda morreu no Brasil.
    Este câncer tem que ser extinto e vai ser.
    Bando de vagabundos que quebraram o Brasil.
    Paredão e fuzil.

  5. Vejam só, Lula já está conformado com a derrota. Mas o SS Calça Frouxa ainda não percebeu que o PT morreu e que Bolsonaro, se fizer seu enterro já seria ótimo para o Brasil.

Comente