Uncategorized

Dallagnol alerta manobra no STF para anular julgamentos da Lava Jato

https://youtu.be/vQUJg4KhuuM

O procurador e coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, alertou neste sábado, 24, que os envios de processos de políticos para a Justiça Eleitoral podem representar uma “batalha de vida ou morte da Lava Jato”. Dallagnol mencionou um processo contra o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o deputado federal Pedro Paulo, que foi enviado ao plenário do STF, para decidir se crimes comuns ligados a campanhas eleitorais devem ser decididos pela Justiça comum ou pela Justiça Eleitoral.

“Esta é a nova batalha de vida ou morte da Lava Jato. Se o STF decidir que crimes de corrupção e lavagem devem tramitar na Justiça Eleitoral quando parte das propinas é investida em campanhas, toda a Lava Jato poderá ser anulada e a sangria estará estancada. Propinas iam para os bolsos dos corruptos e campanhas eleitorais. Na maioria dos casos não eram simples caixa 2, porque havia venda da função pública. O STF pode decidir que o juiz Sérgio Moro e a força tarefa jamais deveriam ter investigado/processado os crimes, por serem exclusivos da Justiça Eleitoral”, alertou.

9 Comentários

  1. SERGIO SILVESTRE Responder

    Me desculpe MP,PF, e justiça em geral,depois do “helicoca”dos 50 milhões no apto e das malas e essa turma tá toda solta,alguns os próprios procuradores fizeram a defesa dos traficantes e ladrões,eu não acredito em vocês,vocês sucumbem a primeira intimidação,até por que já tem salários de nababos e quanto mais não mecher com eles melhor.Mas o Lula não ameaça e é inimigo número um de voces,portanto quem pensou em mudança no Brasil ,aguardem,quem sabe agora botam um censura em tudo ai ninguém fica sabendo.

  2. Esse cara é dramático e melodramático. Vida e morte. Certo e errado. Bem e mal. Tudo é uma luta, uma batalha, uma guerra. Há algo freudiano nisso.

  3. Como é possível a um cidadão comum confiar na Justiça quando uma autoridade do nível de um Procurador da República, cuja Constituição outorgou uma gama incrível de poderes, sendo (o MP em todos os níveis) a única autoridade de pode mover uma ação penal, demonstrando inequivocamente o seu descrédito na Corte Suprema e, por extensão na Justiça???

  4. A Justiça está realmente perdida. A velha guarda se protege, mas aos poucos não se sustentarão. O único erro do povo de bem é que esquecem questões importantes.
    É preciso entender que um escândalo deixa de ser escândalo quando se passam 10 anos sem ninguém falar nada. Sem sequer apurar a verdade. Nada. Apenas prescrição…

    “quem sou; quem é minha família; o quê fiz; como escondi; sabe com quem está falando; cala boca; você me deve isto; se eu cair levo todos vocês;” e assim caminha a humanidade.

    https://youtu.be/tS75pT2X6YY

Comente