Uncategorized

O brasileiro e o carnaval

O Paraná Pesquisas foi a campo descobrir o que o brasileiro pensa sobre algumas questões do carnaval. Confira alguns números.

85,8% dos brasileiros concordam com a redução de verba destinada ao carnaval para poder investir mais em Saúde, Educação e Infraestrutura.

72,6% defendem que o Carnaval seja patrocinado integralmente pela iniciativa privada.

53,5% discordam da ideia que o carnaval é a principal festa popular do Brasil.

O instituto ouviu 2.204 brasileiros, em 170 municípios de 26 Estados, além do Distrito Federal, entre os dias 22 e 25 de fevereiro de 2019.

3 Comentários

  1. Há pelo menos uns 50 anos atrás o carnaval deixou de ser uma festa genuinamente popular.
    A partir do momento em que a malandragem do jogo do bicho e outros grupos de foras da lei começaram a bancar e mandar nas escolas de samba a coisa desandou.
    Daí em diante entraram os interesses econômicos e de audiências das televisões (entenda-se rede globo, sempre ela) ao ponto de mudar até o calendário dos desfiles das escolas de samba. Transformaram o carnaval num chato e caro espetáculo privado para gringo ver peitos e bundas siliconados.
    A espontaneidade que caracteriza uma manifestação cultural de um povo não existe mais.
    Logo, aqueles que de fato ganham com o carnaval que assumam as suas despesas, e não o dinheiro público.

  2. antonio carlos Reply

    KKK das três respostas só concordo com uma integralmente, o Carnaval deve ser financiado com dinheiro privado jamais com público. As outras duas são discutíveis.

  3. O carnaval brasileiro virou símbolo e tradição do país, porem chegou a um ponto tão crítico devido ao envolvimento de vários setores com drogas e crimes. O país precisa mudar radicalmente se quizermos transformar em um país turístico de verdade.

Comente