Uncategorized

Bancada do PSL enquadra líder do partido na Câmara

Após o ministro da Economia, Paulo Guedes, reclamar do “fogo amigo” no Congresso, a bancada do PSL decidiu nesta quinta-feira, 28, “enquadrar” o seu líder na Câmara, deputado Delegado Waldir (GO). O movimento foi capitaneado pela ala militar do partido, que externou sua insatisfação com citações recentes do líder contra a reforma da Previdência. Informações Renato Onofre, do Estadão.

“O partido tem divergências, tem suas divisões. Nem Cristo agradou a todo mundo, não será o Delegado Waldir que vai agradar”, afirmou o deputado, após reunião da bancada em um espaço de eventos em Brasília. Na ocasião, os parlamentares anunciaram que fecharam questão em relação à proposta da reforma da Previdência.

2 Comentários

  1. Caro Fábio, o mês ainda não terminou, e o PSL partido do presidente assumiu responsabilidade de fechar questão em favor da reforma da previdência. Qual é o próximo partido. Essa ação é de muito bem vinda para o encaminhamento e avanço da reforma. Agora falta um parlamentar de qualidade apresentar uma proposta de inserir na reforma, um piso para todos, e um teto-limite, para o pagamento das aposentadorias, que será limitado a porcentagem da contribuição mensal que o inscrito no sistema fará. Essa porcentagem deve ser efetuado sobre o valor total mensal auferido pelo colaborador individual. Atenciosamente.

Comente