Uncategorized

Copel diz que tarifa é com a Aneel

A Copel enviou e-mail com a sua posição sobre notas publicadas pelo blog. É o que segue:

A propósito de nota intitulada “Copel tem R$ 2 bi para investir, mas não baixa a tarifa ao consumidor”, a Copel informa que a tarifa é estabelecida pela Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel. Sobre o investimento para 2019, de R$ 1,993 bilhão, a Copel informa que os recursos são aplicados em melhoria e ampliação nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia, além de telecomunicações.

A respeito da nota intitulada “Oposição quer acompanhar a relicitação da usina de Foz do Areia”, a Copel informa que a concessão federal de 30 anos da Usina Hidrelétrica Governador Bento Munhoz da Rocha Netto (Foz do Areia) se encerra em 2023, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) fará leilão público para nova concessão. A Copel competirá no leilão público para renovar a concessão. Os recursos aplicados ficam com União.

4 Comentários

  1. Mentira. A agência estipula um teto. A empresa aplica quanto quiser até o limite do teto. Requião aplicava zero de aumento, porque se importava com a população. Agora, aplicam o teto pra pagar 80 mil de salario aos diretores. Copel, informe o salário dos diretores!!!

  2. EXPERIENCIA É TUDO Responder

    Afinal, se é verdade que existe ainda uma oposição consciente e com algum tipo de programa, que tinha talvez no passado quando se levantou para defender a Copel como ESTATAL, quem sabe o blog chutou a noticia para gerar discussão?

    Verdade é que quem tem ações da Copel pensa diferente com os lucros que vem obtendo, com a seriedade e profissionalismo como vem sendo dirigida, e mais que isso, como exemplo de Cia de Energia que deu certo e credencia o Paraná a seguir em frente com sua estatal que tem prioridades de investimento no território em que extrai sua energia;

  3. EXPERIENCIA É TUDO Responder

    Este Luis deve ser um dos cupinchas do REIquião que como “condotierismo” mandava e desmandava nas empresas do Estado. Fazia demagogia com pequenas tarifas para no grosso dos negócios – via vovó Naná – estocar verdinhas nos armários em tal montante que não notou que sua empregada domestica ja tinha levado pra casa mais de 400 mil U$. MP, por outro lado reconheceu que penalmente o crime do REIquião and Lerner estão prescritos por isso não estão na cana como o Betinho. O que não disse o MP é que para Ação Civil publica para devolver a propina do pedágio ainda nada esta prescrito…

Comente