Uncategorized

Mudanças em postos chaves
da Assembleia Legislativa


Há pressão por mudanças em postos chaves da Assembleia. A tendência é a readequação de forças com maior peso para preferências dos novos comandantes, especialmente Luiz Cláudio Romanelli, deputado que assumiu a 1ª Secretaria. E ajustados a Ademar Traiano, que continua presidente.

Para iniciar a dança das cadeiras, João Ney Marçal Junior, diretor financeiro, homem ligado a Valdir Rossoni, deixa a casa. Há muita insatisfação dos deputados com os departamentos de Pessoal e de Comunicação.

Bruno Garofano, que cuida dos recursos humanos, deve sair e estão pesquisando quem o substitua.

Katia Chagas, da Comunicação, pode ser aproveitada em outro posto de direção. Paulo Krauss, que caiu do galho com a mudança do governo, andou se reunindo com o presidente da Casa para pedir um arrimo no Legislativo. Muita gente lhe deve favores. Nos anos de governo Richa ele cuidou do caixa de propaganda e marketing da Copel, um dos mais cobiçados na praça.

12 Comentários

  1. Sempre os mesmos políticos cascudos com vícios de origem na política velha, que vivem suas vidas mamando nas tetas do dinheiro público e vivem em uma ilha de prosperidade com um soldo acima de qulquer trabalhador que da seu suor para ter uma vida digna meu repúdio a esses caras de pau e safados. Mais a culpa é nossa que relegemos esses políticos que nada fazem em favor do povo do Paraná.

  2. Tem que LIMPAR esta turma do passado que foram indicadas e tem ligação com Rossoni, Justus, Plauto, Hermas . . .isto é a escória, o lodo do porão da ALEP !

  3. Que abram a caixa dos EXXXQUEMAS do diretor Bruno Garofani. Os efetivos querem saber a mágica que o diretor faz com o salário dos comissionados amigos do traiano.

  4. Esse Garofani Diretor de Pessoal da Alep e o tal do narizinho empinado,se acha Deus,certa vez se envolveu em briga com outro diretor e ficou nisso mesmo,como faz parte da turma do Plauto continuou mamando na teta e o outro foi mandado embora.Parabens ao Romanelli que esta limpando esta corja.

  5. Parreiras Rodrigues Responder

    Lembro-me duma época em que se viam deputados na Boca Maldita, aos sábados, papeando, tomando cafèzinho, jogando palito – andando de ônibus, xeretando gôndolas de supermercados, fila de cinema.
    Lembro-me que quando se avisava da visita dum deputado, senador a Santa Isabel do Ivai, por exemplo, o pessoal se reunia no clube tamanha a afluência, muitos de paletó e gravata. Hoje, se reúnem com o prefeito, dois ou três vereadores, algum puxa mais chegado. O povão mesmo, se desculpando com pescaria, jogo de bocha, dor de dente…

  6. Esse Romanelli encheu a assembleia de lixo do governo Cida. Sem contar que trouxe a braço direito do Rossoni para ser sua chefe de gabinete. Romanelli é um petista disfarçado!

  7. Sou efetiva
    da ALEP, por força de lei tenho carga horária de trabalho reduzida
    Pois sou mãe de uma linda menina portadora de Síndrome de Down. Esse cidadão,neste caso, sempre me perseguiu, e a outros funcionários que se valem desta lei, em razão disso. Com todo respeito , tem muita coisa para ser revista e esclarecida, então, por gentileza, não há necessidade de se preocupar com pouquíssimas pessoas que têm tanto a fazer, acredito que tem muito trabalho a ser feito na D. P.! Ou não?

  8. Quantos cargos o Romanelli possui na alep? Se tem coragem mostre para a sociedade. Pare de se fazer de moralista. Porque não começa a faxina no seu gabinete?

  9. A respeito da minha delaração neste blog, na qual entendo ser prejudicada pelo Dr. Bruno Garofani, sirvo-me deste comentário para esclarecer que após a publicação das comissões desta Casa, não houve por parte do referido Diretor intenção de me prejudicar eis que continuo a compor a Comissão de Abandono de Cargo. Estava enganada, sinto por expor publicamente um assunto que poderia ser tratado pessoalmente.

Comente