Uncategorized

Gilmar nega paralisar tramitação da reforma da Previdência

Gilmar Mendes enterrou uma das tentativas da oposição de tentar impedir a tramitação da reforma da Previdência na CCJ. O ministro negou liminar no Mandado de Segurança pedido pelo deputado Aliel Machado Bark (PSB-PR). Gilmar considerou que uma intervenção no debate neste momento seria uma intromissão indevida no poder Legislativo. Bark pedia a suspensão dos debates na Câmara até que o governo abrisse os dados que embasaram a reforma e indicasse o impacto orçamentário e a fonte de custeio durante a transição da mudança no regime de aposentadorias. As informações são do Estadão.

Comente