Uncategorized

Papa em carta a Lula: “não desanime”

O papa Francisco enviou no início de maio uma carta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre pena de oito anos e 10 meses de prisão em Curitiba por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na correspondência, revelada pela jornalista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, o líder da Igreja Católica pede para o petista “não desanimar e continuar confiando em Deus”.

O documento é uma resposta a uma carta enviada por Lula em março passado, na qual, segundo o Papa, o ex-presidente agradecia por sua “contribuição para a defesa dos direitos dos mais pobres e desfavorecidos” do Brasil, “confidenciava seu estado de ânimo e comunicava sua avaliação sobre o contexto sócio-político” do país.

“Tendo presente as duras provas que o senhor viveu ultimamente, especialmente a perda de alguns entes queridos – sua esposa Marisa Letícia, seu irmão Genival Inácio e, mais recentemente, seu neto Arthur, de somente sete anos -, quero lhe manifestar minha proximidade espiritual e lhe encorajar pedindo para não desanimar e continuar confiando em Deus”, diz o Papa.

Além disso, Francisco afirma que a “responsabilidade política constitui um desafio permanente para todos aqueles que recebem o mandato de servir o seu país, de proteger as pessoas que habitam nele e de trabalhar para criar as condições de um futuro digno e justo”.

“Nestes dias, estamos celebrando a Ressurreição do Senhor. O triunfo de Jesus Cristo sobre a morte é a esperança da humanidade. A sua Páscoa, sua passagem da morte à vida, é também a nossa páscoa. Graças a Ele, podemos passar da escuridão para a Luz […], da incredulidade e do desespero para a alegria serena e profunda de quem acredita que, no final, o bem vencerá o mal, a verdade vencerá a mentira e a Salvação vencerá a condenação”, diz Jorge Bergoglio.

12 Comentários

  1. A Igreja Católica tem a Pastoral carcerária, e não distingue preso, e sempre prega a eles para manterem a fé, que assim serão libertos, não das grades, mas das amarras do pecado, e o que o Papa fez foi ser membro desta Pastoral, simples assim.

  2. Sidnei Gonçalves Nazareth Responder

    Decepcionante. Nunca esperava que a Entidade máxima da igreja católica iria mandar carta de apoio a um bandido condenado. O maior responsável pela desgraça que aconteceu no Brasil. O Papa deveria rezar para que o nosso país encontre as soluções para sair desta situação, apoiando quem está no comando, não se solidarizar com o causador das tormentas.

  3. Nao entendo a conversa do Papa falando em Deus com um comunista que por filosofia é ateu. Ou ambos proliferam bem na pobreza, ou estaria o Papa descontente com o nosso presidente que prefere o Edir Macedo? Pois vamos e venhamos, essa conversa do Papa, Lula e Deus é igual a mula sem cabeça.

  4. Também digo: “não desanime”. O que são 10 anos de cadeia prá quem passou 08 anos corrompendo, formando quadrilha, enriquecendo a família e os amigos? O que são 10 anos de cadeia prá quem passou mais 06 anos levando dona presidenta nos arreios?
    Passa rápido. É só não desanimar.
    Quem sabe a próxima condenação não te presenteia, com mais uns 10 anos, para a alegria do povo que tu enganou.

  5. Do Interior... Responder

    Papa, não existe DEUS para esse aí. Esse condenado é a favor do aborto, abergou o assassino Batisti, fez conluio com os ditadores Maduro, com Cuba e com os piores presidentes do mundo. Tirou bilhões da educação e da saúde para beneficiar seu partido e seu projeto de poder.

    Melhor deixar Deus fora disso Sr. Papa.

  6. Bom,já sabemos do caráter da “vossa santidade”,se é chegado em bandido,da pra se fazer uma idéia né.

  7. Após a resposta do Papa, a defesa do lula já alega que o sítio em Atibaia pertence ao Vaticano e que o Francisco, que é amigo do Lula, apenas emprestou-o para passar alguns finais de semana. KKK
    Não esqueçam babacas. O LulaLadrão está preso. Tá preso!

  8. Bem, muita gente que escreveu bobagem aí em cima se diz cristã…
    Não sei que espécie de cristãos, pois parece-me que é obrigação de líderes cristãos darem uma força para quem está por baixo, mesmo que tenham feito muitas barbaridades.

    Vocês não são cristãos. Vocês seguem a religião apenas quando é do interesse de vocês;

Comente