Uncategorized

Receita pega pesado


Ninguém mais escapa da malha fina. A Receita Federal autuou 681 empresas paranaenses, entre março e maio deste ano, por sonegação fiscal, como irregularidades no Imposto de Renda da Pessoa Física e Contribuição Social sobre Lucro Líquido do ano-calendário 2014, no valor de R$ 54,9 milhões. No período, em todo o Brasil foram autuadas 5.241 empresas. O crédito tributário lançado, que inclui juros moratórios e multa de ofício de 75%, totalizou R$ 1.002.536.449,16. As irregularidades foram apuradas na Malha Fiscal Pessoa Jurídica.

A Receita Federal orienta as empresas com irregularidades no IRPJ e na CSLL dos anos-calendário seguintes a se autorregularizarem. Em junho de 2019, serão iniciadas as ações referentes ao ano-calendário 2015, com envio de cartas para mais de 14 mil empresas que apresentam inconsistências nos recolhimentos e declarações de IRPJ e CSLL de aproximadamente R$ 1,5 bilhão.

4 Comentários

  1. Estudemos a fundo e comprovaremos a falácia que é a necessidade da reforma da previdência brasileira. O grande problema do Brasil que atinge não só a previdência mas todas as áreas é péssima gestão pública.

  2. O leão é voraz e ninguém escapa da suas garras por causa da altíssima carga tributária e da extremamente burocrática..

  3. Quer dizer então que é a Receita que pega pesado?
    Os fraudadores são todos inocentes e pegam leve, então?

    Coitadinhos dos fraudadores e sonegadores! A Receita está pegando pesado para lado deles!
    Que peninha!
    Quase chorei aqui ao saber que pobres sonegadores e fraudadores fiscais estão sendo pegos e punidos.

  4. O que é justo tem que ser cumprido, porem aqui no país das bananas que é o Brasil as duas situações não andas juntas há algumas décadas. Leis que não são cumpridas, divergencias até no STF, condenados do colarinho branco cumprindo prisão domiciliar de forma folgada e ilegal, os caras que delatam e não devolvem nada e esta máquina voraz que é a Receita Federal mordendo todos os brasileiros menos os poderosos… Não tem fim se continuar descre-
    vendo as irregularidades. E tudo chega em um ponto final onde o governo afirma taxativamente que o culpado é o deficit da Previdencia. Por acaso o governo federal cobra de quem realmente
    deve !? O Coaf fiscaliza todos !? A Receita Federal age contra todos os empresários !?

Comente