Uncategorized

Barros: “Centrão é a solução”

Integrante do Partido Progressista, Ricardo Barros se posiciona como membro do chamado “centrão” – partidos com posicionamentos distintos da esquerda e da direita. Questionado, em entrevista à Jovem Pan Curitiba, sobre o papel dessa posição, o parlamentar acredita que o centrão é a solução para o país:

“São partidos de centro com posicionamentos distintos da esquerda e da direita, com outra visão de política para o país, outro programa partidário e votam dentro da sua visão. O centrão não é problema nenhum, o centrão é a solução. Sem os votos do centrão nada vai ser aprovado”, destaca Barros.

14 Comentários

  1. Esse mesmo Centrão é aquele mesmo Centrão que era a base de sustentação do Eduardo Cunha?
    A julgar pelo caráter é o mesmo sim……

  2. Rafael de Lala Responder

    Procede razão ao deputado paranaense Ricardo Barros, com base em sua larga experiência na vida pública. Qualquer sociedade organizada precisa – após um período de mobilização à esquerda ou direita, como ocorreu no Brasil – recentrar suas ações para obter resultados, isto é, buscar o ideal do bem geral, finalidade clássica da Política.
    Rafael de Lala, jornalista, da Associação Paranaense de Imprensa e Centro de Estudos Brasileiros do Paraná.

  3. E o sujeito tem a cara de pau de dizer que o centrão tem outra visão de política.

    KKKKK sabemos bem qual é esta visão, cara pálida.

  4. Caro Ricardo Barros, você já teve seu momento de glória com o período da sua mulher no Palácio Iguaçu e está na hora de parar de fazer de conta que está trabalhando para alguma coisa que não seja para alimentar o seu ego.Fique sabendo que se você não é de esquerda nem de direita, está em cima do muro, como todos os que não sabem para onde vão por não saber de onde vem.Volta para os bancos escolares meu bom paranaense, ainda é tempo para aprender a ter posicionamento.

  5. Aderbal Silva Soares Responder

    bom…
    segundo ele, o Ministro Sergio Moro e o MPF na figura do Deltan Dallagnol, são os causadores da recessão e problemas do Brasil, por fim ainda defendeu que sua esposa a Srª Cida Borghetti recebe a aposentadoria integral, apos governar o Estado por 8 meses.
    essas raposa do rabo peludo que temo que excluir da política !

  6. Este cara é bem intencionado, no período que esteve na gestão de sua mulher como governadora, trouxe de Pernambuco um pessoa para ser diretor da CELEPAR e viabilizar a renovação do contrato na secretário da saúde, que estava com problemas no TCE, com a empresa MV de Pernambuco, e mais, trouxe um também um amigo como secretário para assinar tudo isso. E mais, precionou um monte de gente que era contra a continuidade desse contrato.

  7. -Seria Ricardo Barros à favor da velha política do toma lá da cá?
    -Acho que tem políticos paranaenses que estão ficando desatualizados…e ficando de costas para os anseios da população!!!

  8. Felício Cyrino Responder

    Espero que o dep. Ricardo Barros, assim como os demais integrantes do “centrão” percebam que não há mais espaço, no Brasil, para políticos ficarem em cima do muro. Esse comportamento foi próprio dos governos do PT, onde ninguém se posicionava, políticos de diferentes partidos ignoravam ideologias e se uniam para apoiar o governo e colher os benefício$ que ele dispensava.

    Entendam que o novo governo é capitaneado pelo capitão Bolsonaro mas, representa os anseios da população em moralizar a máquina pública portanto, a coisa chegou a um ponto que a leitura que fazemos é a seguinte: SE NÃO APOIA O GOVERNO BOLSONARO, está contra os interesses da população e as necessidades do país!

Comente