Uncategorized

Paulo Martins é o paranaense mais bem avaliado do Congresso


O deputado federal Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) é o melhor congressista paranaense, segundo o ranking dos políticos. O novo
levantamento, que foi feito depois da aprovação da Reforma da Previdência em primeiro turno, coloca o presidente do PSC do Paraná em sétimo lugar. O segundo representante do estado na lista ocupa a quadragésima quarta posição.

O ranking dos políticos é um site especializado que analisa o trabalho de congressistas de todo o país. De acordo com a página da internet (https://www.politicos.org.br/), para chegar ao resultado, os responsáveis pela publicação usam documentos oficiais, para que qualquer cidadão possa conferir. Isso inclui veículos da grande imprensa, fichas criminais no judiciário, dados abertos do Congresso, além do que o “Ranking dos Políticos” chama de qualidade legislativa. Segundo o site, é feita uma pontuação com base em uma lista de critérios. Há ainda uma análise dos chamados “extras”, que leva em conta alguma iniciativa relevante não prevista nos demais critérios.

Para o deputado Paulo Eduardo Martins, o reconhecimento é
importante, mas não é o foco do seu mandato: “Especificamente nessa
jornada, que foi a aprovação da Reforma, lutei demais. Acredito que não
foi o texto ideal, mas foi o possível. Eu trabalho para consolidar as
bandeiras em que acredito, nas quais meu eleitor acredita e que julgamos
ser fundamentais para a reconstrução desse país”. O parlamentar ainda
destacou que a guerra não está ganha: “Foi uma batalha importante, mas
não dá pra achar que o trabalho aqui está concluído. Vou seguir firme
nesse propósito para a vitória definitiva pelo Brasil e contra o
populismo”.

3 Comentários

  1. Francisco Marcio Responder

    Mais que merecido. Pois este é um dos nossos novos representantes que vieram para mudar. Acará da velha política! Infelizmente tem eleitores que estão torcendo pelo fracasso do país, simplesmente por interesse partidário. E só reclama, quando deveria apoiar o que é bom e vem dando certo. Resumindo, o Brasil não está preparado ainda para ter político honestos.
    Parabéns Paulo Martins, seu trabalho realmente defende o interesse do coletivo!

Comente