Uncategorized

Joice: “Não me importo com ingratidão”

“Meu couro é duro”, disse Joice.

3 Comentários

  1. -O povo brasileiro e sua consequente massa de desempregados, estão cansados do jogo político de Brasília. Primeiramente com o Lula, Dilma, Temer e agora este novo governo, que no discurso afirmou que o Brasil tem pressa e que não poderia errar…está passando dos limites!!!
    -Estamos cansados dos filhinhos mimados no Presidente, da guerra política, de poder, de vaidade de membros de seu partido político e o pior das manifestações sem qualquer filtro do Presidente!!!
    -A maior parte do eleitorado do presidente está se sentindo “abandonada e traída” por suas promessas e na insistência de conseguir um lugar para seus filhos…
    -As promessas de campanha estão demorando para se concretizar: pela falta de tato político do Presidente, pelo desprestígio dos políticos brasileiros que travam e sabotam as reformas necessárias, tanto previdenciária(que está empacando), pela reforma tributária que nunca saírá do papel, da reforma criminal do Moro(que achamos que se arrependeu de ter entrado neste governo)….
    -Os militares estão calados e na deles…já viram na enrascada que se meteram com o Bolsonaro…
    -Para a população sobrou a raspa do tacho: um dinheirinho do FGTS…e nada mais…nem correção da tabela do IR….mas tá tudo bem…afinal temos o clã messiânico Bolsonaro, que se elevaram à salvadores da Pátria…e para eles será assim: ame-os ou deixe-os!!!

  2. Com Joyce ou sem o país precisa sair do atoleiro. A única situação que me incomoda é a interferencia exagerada dos filhos do Presidente. Precisa segurar. E quanto ao Congresso, Senado e o próprio STF é guerra perdida. Quando renovaram a classe de políticos novos que ocuparia Brasília até deu um pouco de ânimo, porem hoje caí na realidade. Políticos são todos farinha do mesmo saco… uma vez no poder sentem intocáveis e caminham como uma manada independente de qual lado seja, ou desde que seja em benefício próprio.

Comente