Uncategorized

Bolonaro prefere miojo


Bolsonaro quase passou fome no Japão por não gostar da comida. No banquete oferecido pelo primeiro-ministro Shinzo Abe para as delegações estrangeiras, ele nem tocou na comida, que tinha barbatanas de tubarão. Em Tóquio, saiu duas vezes às ruas: em uma comeu um hamburguer; em outra, um filé. E reclamou que o filé custou US$ 30 e que não pagou com cartão corporativo, pelo qual disse que pode sacar até R$ 24 mil por mês. No dia seguinte, miojo, que levou do Brasil.

3 Comentários

  1. Tem um Amigo Meu Empresário Que Vive no Japão a Mais de 15 Anos e Até Hoje Ele Não Acostumou com A Comida Japonesa..Então Por Que o Nosso Presidente Tem Que Comer se Ele Não Gosta?????

  2. Tipo de noticia/comentário completamente inútil. A cara da imprensa brasileira e sua fútil futilidade. Querendo ridicularizar o Presidente, só mostra sua própria mediocridade. Seriedade e compromisso com o país zero. Depois essa imprensa não sabe porque não lhe dão crédito. Simples, porque não o tem, não respeita, trata o leitor como desprovido de mínimo preparo intelectual e capacidade de análise. Lamentável!

  3. Vamos obrigar todos os repórteres brasileiros a comerem durante dois ou três dias, uma comida que não gostam, só para ver no que dá ! Com certeza não irão publicar nas suas colunas, o resultado.

Comente