Uncategorized

MP recomenda ponto biométrico à Câmara de Almirante Tamandaré

O Ministério Público do Paraná, por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, emitiu nesta sexta-feira, 27 de dezembro, recomendação administrativa dirigida ao presidente da Câmara Municipal para que seja implantado, até 2 de março, o controle de ponto biométrico para todos os servidores comissionados da Casa. A iniciativa partiu de diversas denúncias sobre a existência de servidores comissionados “fantasmas” ou que não estariam cumprindo carga horária na Câmara Municipal de Almirante Tamandaré.

Foi estipulado no documento prazo de 48 horas para a confirmação do recebimento da recomendação e sua publicidade no órgão oficial da Câmara e em todas as secretarias municipais. Além disso, o destinatário deverá apresentar, em cinco dias, resposta por escrito quanto ao teor da recomendação.

2 Comentários

  1. Presença do local de trabalho ñ é sinônimo de resultado.. Para o esclarecimento estamos na era digital. O q realmte importa é o profissionalismo..
    Ou baixemos uma lei geral (contnsttiucional) instituindo registro de ponto para todas as instituições e suas respectivas autoridades para que não caracterize assédio moral ( atingindo apenas hipossuficientes)

  2. Porque não sugerir a adoção de ponto eletrônico para todos os integrantes do Ministério Público. E privatizar os estacionamentos para que os servidores que utilizarem paguem por isso. Chega de mordomias!
    Fui servidor e, na minha repartição as vagas eram para o público. Servidor que ia de carro tinha que arrumar vaga em estabelecimento privado e pagar pelo estácionamento ou deixar na rua.

Comente