Uncategorized

Quem paga somos nós

O Senado gastou, no ano passado, R$ 1,15 milhão com obras em gabinetes e apartamentos funcionais dos senadores, para “adequação de layout”. Os dados estão no Portal da Transparência, menor gasto de Davi Alcolumbre, que reformou a churrasqueira da residência oficial da presidência do Senado. No total, 81 senadores exigiram mais de 100 intervenções em seus gabinetes ou imóveis funcionais. Flávio Bolsonaro mandou instalar cinco aparelhos de ar condicionado em seu apartamento funcional.

1 Comentário

Comente