Uncategorized

Weintraub, o outro nazi


Além da Cultura, também no bloco da Educação, o governo de Bolsonaro já teve outro devoto de nazismo. Quando foi confirmado no lugar de Vélez Rodrigues no Ministério da Educação, Abraham Weintraub fazia um discurso contra esquerdistas para a militância de extrema-direita e repetia o próprio Hitler: “Eles são o topo das organizações financeiras; eles são os donos dos jornais; eles são os donos de grandes empresas; eles são os donos dos monopólios”. No original de Hitler, no livro Mein Kampf (Minha Luta), de 1933, “eles” eram “judeus” e o resto do texto é igual.

3 Comentários

  1. Sarinha ou Safadinha Responder

    Não entendi ! o ministro é de origem judaica ! com esse nome e esse sobrenome não tem como negar. Há algo estranho no ar !

  2. -Para os maiores grupos de comunicação(ver rede gebboels) quem não é partidário do larápio de 9 dedos e do pt e partidos coligados, então recebe a pecha de nazista, fascista…lixo de comunicação no Brasil…
    -Eu ví esse vídeo e foi deturpado as falas do ministro. Ele estava explicando como funcionava a oligarquia mundial no ramo das corporações e pasmem, é isso mesmo….só que para a tigrada vermelha, não interessa isso, o importante é causar confusão nas mentes das pessoas menos esclarecidas e dividir e segmentar a sociedade…mas a grande maioria da população não entende isso e se deixar levar pelo canhotas….

  3. Mas e eles (a esquerda) não estavam no topo das organizações financeiras? Não estavam mancomunados com os donos das grandes empresas? Com os donos de jornais? Dos monopólios em geral?! Se sim, e essa é a única resposta plausível, então estava certo o Ministro. O resto é mimimi

Comente