Uncategorized

Ratinho Jr: ‘Se houver garantias, é possível cortar ICMS’

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), durante a entrega de veículos para assistência social em São José dos Pinhais, nesta sexta-feira (7), afirmou que topa cortar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), porém o governo federal teria que garantir o repasse de recursos ao Estado. O presidente Jair Bolsonaro disse, na última quarta-feira (5), que vai zerar os tributos federais sobre combustíveis se os governadores zerarem o ICMS. As informações são da Banda B.

Os repasses ao Estado teriam que ser na casa dos quatro a cinco bilhões de reais, explica o governador. “Se o governo federal nos garantir que é possível repassar 4 a 5 bilhões de reais ao Estado para que as coisas não parem, nós topamos fazer esse avanço”, afirmou.

Ratinho disse que os brasileiros pagam muitos impostos e que os estados precisam passar por uma modernização tributária. “Todos nós sabemos que os brasileiro pagam muitos impostos. A ideia é que os estados também possam avançar nessa modernização tributária. E eu vejo uma boa vontade do governo federal, agora junto com os deputados federais e os senadores temos que achar uma saída para modernizar essa questão no Brasil”, concluiu.

O evento contou com a presença do ministro da cidadania Osmar Terra, da primeira Dama Michele Bolsonaro e da ministra Damares Alves. Foram entregues mais de 200 veículos para 167 municípios do Paraná.

3 Comentários

  1. KKK Ratinho, tenha dó,a sim todos os governadores vão fazer uma ótima demagogia cortando o ICMS sobre os combustíveis, perde de uma lado e o governo federal repõe do outro? Conta outra Ratinho, porque esta está muito louca.

  2. Freddy Kruger Reply

    Prezado Ratinho. Isto é piada sua. Deste jeito é fácil governar, pedido pinico para o Governo Federal, para agradar o leitor do Paraná. Pura Demagogia. O desafio está em enxugar a máquina pública e economizar o dinheiro do povo e aí sim, baixar o ICMS dos combustíveis, sem depender do Governo Federal. Aliás, o percentual do ICMS dos combustíveis, energia elétrica, comunicações, não é imposto, é confisco do dinheiro do povo.

  3. emilson pupo Reply

    Aqui no Brasil jamais acontecerá uma medida abaixando impostos, porque: enquanto o Estado Brasileiro for inchado de cargos em comissão, altos salários para a elite dos servidores, gestores corruptos, a velha política em prática como essa do Ratinho Junior.

Comente