Uncategorized

“Maio e junho serão os meses mais duros”, projeta Mandetta

A estimativa do Ministro da Saúde, em entrevista ao Fantástico neste domingo (12):

“A gente imagina que os meses de maio e junho serão os sessenta dias mais duros para as cidades. A gente tem diferentes realidades. O Brasil a gente não pode comparar com um país pequeno, como é a Espanha, como é a Itália, a Grécia, Macedônia e até a Inglaterra. Nós somos o próprio continente. Sabemos que serão dias duros. Seja conosco ou qualquer outra pessoa. Maio, junho, em algumas regiões julho, nós teremos dias muito duros”.

Comente