Uncategorized

Moro candidatíssimo


Para Bolsonaro, em nova conversa, Sérgio Moro é “candidatíssimo” à Presidência da República e portanto, seu rival, nas eleições de 2022. O Chefe do Governo voltou a fazer comentários pouco agradáveis sobre o ex-ministro. Um deles: se indicasse Moro para o Supremo, “estaria vendo o juiz usando o cargo para palanque”. Pelas pesquisas, se as eleições fossem hoje, Sérgio Moro é o único nome capaz de enfrentar Bolsonaro numa corrida presidencial.

Há controvérsias. A prova demolidora contra Jair Bolsonaro não foi apresentada por Sérgio Moro, o que decepcionou sua legião de seguidores. O ex-ministro chegou a dizer que “não afirmou que o presidente teria cometido crime”. E foi procurar proteção para o caso de virar réu por denúncia caluniosa ou prevaricação, por ter silenciado durante muito tempo sobre as práticas do chefe. Detalhe: Celso de Melo não recuou: quer ver vídeo da reunião onde Bolsonaro extrapola. E o Chefe do Governo poderá ser convocado para depor, pessoalmente.

5 Comentários

  1. Vanderlan Aparecido Gobbo Responder

    A única coisa que moro faz é ajudar a atrapalhar. Não ganha nunca.

  2. Candidatíssimo era quando entrou para o Ministério. Hoje virou pó de traque…

  3. Alguém duvidava que Mr. Moro não desejava nada menos que a presidência para saciar seu apetite por poder e celebridade? Fala sério, Mané.

  4. Meu Deus como este boçal é burro, como é que o Moro lá no STF faria campanha para presidente? Só na cabeça deste imbecil é que tal absurdo cabe. Eta cara tosco mas não precisa abusar tanto.

Comente