Uncategorized

Devastador

Durante a reunião ministerial de 22 de abril, o presidente Jair Bolsonaro associou a troca do superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro à necessidade de proteger seus familiares. O vídeo desse encontro é uma das evidências do inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal (STF) após Sergio Moro deixar o ministério da Justiça acusando Bolsonaro de tentar interferir na Polícia Federal. A sequência foi exibida ontem, em Brasília, a pessoas envolvidas com a investigação.

A avaliação de fontes que acompanham a investigação é que o vídeo é devastador para Bolsonaro, pois comprova a acusação de Moro de que o presidente da República tentou interferir na Polícia Federal.Durante o encontro, Bolsonaro diz que sua família sofre perseguição no Rio de Janeiro e que, por isso, trocaria o chefe da superintendência da PF no Rio. O presidente acrescentou que, se não pudesse fazer a substituição, trocaria o diretor-geral da corporação e o próprio ministro da Justiça – à época, Moro .

Na reunião, Bolsonaro – que apresentava um tom de irritação e mau humor – trata a superintendência da PF do Rio com o termo “segurança”, e afirma que não iria esperar sua família ser prejudicada.

Moro recusou
O presidente da República comunicou a Moro que iria trocar o então diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, por Alexandre Ramagem – atual diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e amigo da família Bolsonaro. Moro se recusou. Disse “não, não topo isso” e falou com os generais que integram o governo.

4 Comentários

  1. SERGIO SILVESTRE Responder

    Tem mais coisas sinistras nesse governo,uma delas é a suposta facada ,onde cercado por trogloditas seguranças deixaram o Adelio dar uma suposta facada no candidato.
    Hoje vai falar o superintendente que foi defenestrado pelo Bolsonaro em Minas,ele deve saber de alguma coisa sobre isso,como ocorreu,até onde o hospital foi cumplice,até onde médicos se recusaram a dar boletins,r onde está o material do crime,a faca por exemplo.
    No Brasil existe coisas que até Deus duvida.

  2. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI Responder

    SS, Bunda tatuada. Concordo. No Brasil existe coisas que até Deus duvida. Você.

  3. SS Calça Frouxa, não comente no blog quando estiver noiado, entupido de maconha, cachaça vagabunda e cola de sapateiro!

Comente