Uncategorized

Roberto Jefferson ataca STF: “A toga não é mais forte que o fuzil”

O Antagonista

Em sua maratona de entrevistas desde que se converteu ao bolsonarismo, Roberto Jefferson falou hoje à Rádio Gaúcha.

O presidente nacional do PTB disse que se Jair Bolsonaro interferiu politicamente na Polícia Federal, “era um direito dele”. Jefferson atacou Sergio Moro, Wilson Witzel e o ministro Celso de Mello, do STF.

“Ele quer mostrar que a toga é mais forte do que o fuzil. É um desafio que ele está fazendo aos militares, tentando humilhá-los.”

Jefferson defendeu o que chamou de “ação cirúrgica” no STF, com a demissão dos 11 ministros. Ele também falou em “contra-golpe” no Supremo. O ex-deputado também disse que “é preciso uma reação agora”, “com Bolsonaro à frente”, “uma reação de força”, porque “só se detém um golpe pela força”.

“Eles [os ministros do STF] estudaram Mao Tsé-Tung. Então, todos eles sabem que o poder não inicia na toga. O poder inicia no cano do fuzil. Só que eles estão desafiando o que eles aprenderam na escola de progressista.”

O ex-deputado afirmou, ainda, que Alexandre de Moraes “era ministro [ele quis dizer advogado] do PCC”.

6 Comentários

  1. KKK para a tal “ação cirúrgica” proposta pelo Bob Jeff para “curar” a suprema corte o boçal já tem a solução engatilhada, vai trocar seis por meia dúzia, o atual PGR e o ministro da Justiça foram pestistas ou serviram a governos pestistas.

  2. Caro Fábio, essa manifestação do Roberto Jeferson é adequada e oportuna, lembrando sempre que, em 2003, foi o único deputado federal com coragem que peitou o comando comunista petista, liderado na época pelos elementos lula e zé dirceu. Foi ele que disse ” vá para casa zé dirceu”. Na época ele com coragem, afirmou que os comunistas petistas estavam iniciando o maior roubo da história do Brasil, comprando parlamentares. Na época encerrou a carreira política do zé dirceu, que posteriormente foi condenado pelo Judiciário de baixo escalão e liberado mais tarde pelos supremos ministros do STF, mantendo-o livre até hoje e livrou o Brasil de ter sido tomado pelos comunistas petistas. Agora há que se considerar suas palavras com atenção, pois ele tem visão, história e lealdade ao Brasil. Atenciosamente.

  3. SERGIO SILVESTRE Responder

    Bandido,Salafrário,era chefe da gangue da policia rodoviária no RJ e amigo da família miliciana bolsonaro.

  4. SERGIO SILVESTRE Responder

    Cala a boca JOHAN ,eu ,Campana e tantos já foram comunistas e faz 40 anos que nem sabemos mais o que é isso,vai se tratar cara,nem a coreia do Norte quer ser chamada de pais comunista.
    ]

  5. SS Calça Frouxa, não comente no blog quando estiver noiado, entupido de maconha, cachaça vagabunda e cola de sapateiro!

  6. Não fale do Campana, fale por você, PELEGÃO da pior espécie, da gangue dos PTralhas, verdadeiros gafanhotos que arrasaram o Brasil e que fizeram do Brasil essa M que é hoje, sem saúde e sem hospitais, entre outras M

Comente