Uncategorized

Trump toma hidroxicloroquina

Em anúncio surpreendente, o presidente dos Estados Unido (EUA), Donald Trump, revelou nessa segunda-feira (18) que está tomando hidroxicloroquina como medida de prevenção contra o coronavírus, apesar de alertas de especialistas sobre o uso do medicamento para combate à malária. “Estou tomando hidroxicloroquina”, disse Trump a repórteres. “Estou tomando há uma semana e meia. Um comprimido por dia”.

O presidente fez a revelação de forma voluntária durante entrevista coletiva, após se reunir com empresários do setor de restaurantes, que estão sofrendo os impactos da pandemia.

Há algumas semanas, Trump promoveu a droga como um potencial tratamento para a covid-19, tendo como base um relatório positivo quanto a seu uso no combate ao vírus, mas estudos subsequentes mostraram que o medicamento não é eficaz.

A Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) emitiu alerta sobre o uso do remédio. Em comunicado divulgado no dia 24 de abril, a FDA disse que está “ciente de relatos de sérios problemas de arritmia cardíaca” em pacientes de covid-19 tratados com a hidroxicloroquina ou com cloroquina, um medicamento mais antigo.

Donald Trump, de 73 anos, que é submetido frequentemente a testes para o vírus, disse que perguntou ao médico da Casa Branca se era ok tomar o medicamento, e o médico respondeu: “bem, se você quiser”. O presidente, no entanto, se recusa a utilizar uma máscara de proteção na Casa Branca.

Imediatamente após os comentários de Trump, a Fox News entrevistou o médico Bob Lahita, professor de Medicina da Rutgers University, que alertou as pessoas para que não tomem hidroxicloroquina. “Não há efeitos que tenhamos visto, e tratamos diversos pacientes com isso”, afirmou.

Trump disse que também tomou uma dose única de azitromicina, um antibiótico que visa a evitar infecções. Em conjunto com a hidroxicloroquina, ele afirmou que está tomando zinco. “Tudo que posso dizer é que, até aqui, pareço estar ok”, afirmou o presidente.

– da Reuters.

3 Comentários

  1. Trump tem colhões, enquanto outros se borram… Lula, Dilma e os lulopetistas prefeririam se prevenir com alfafa e óleo de fígado de bacalhau. No Brasil há uma roça de jagunços e jecas tatus, discutindo sobre como evitar lombrigas.

  2. Antonius Block Responder

    Uau jurava que este péssimo hábito de se automedicar fosse coisa de Terceiro Mundo, vejo que estava completamente errado. KKK o cara está se intoxicando preventivamente. Haja burrice neste mundo

  3. Cada um faz o que quer a estas horas do campeonato, porem assim como Bolsonaro e tantos outros declaram favoráveis ao uso da Hidroxicloroquina associadas a outros medicamentos fiquei admirado por Trump declarar que está tomando esta medicação. Triste foi ver o epidemiologista Uip fingir que não tomou e se curar da doença. Nós médicos precisamos deixar atitudes como esta de lado e vencer uma determinada doença. Quando enfrentamos uma guerra que é a doença, se não tiver fuzil luta-se com um canivete. Covarde são os pessimistas de plantão…

Comente