Uncategorized

REGINA DUARTE DEIXA SECRETARIA DA CULTURA

Regina Duarte não é mais secretária especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro. Ela se reuniu nesta manhã com o presidente e deixou o cargo. A atriz assumirá o comando da Cinemateca, em São Paulo.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o governo e a cultura brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, tuitou Bolsonaro, que postou também um vídeo ao lado da atriz.

No início do mês, com exclusividade, a Crusoé mostrou que, em conversa com uma assessora, Regina acreditava estar sendo fritada por Jair Bolsonaro (leia aqui e ouça aqui). O nome mais cotado para suceder Regina na Cultura, como noticiamos nos últimos dias, é o ator Mário Frias.

1 Comentário

  1. NA CORDA BAMBA Responder

    De início um ótimo nome para a pasta da Cultura, porem logo de início ao enfrentar algumas exonerações incompatíveis com ela já se demonstrou que não tem bagagem suficiente para tocar esta pasta cheio de picaretas. Ser atriz respeitada é uma situação e comandar um Ministério é outra.

Comente