Uncategorized

Centrão emplaca Medeiros na Secretaria de Vigilância em Saúde

Poder360

O governo federal decidiu quem ficará à frente da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. Será Arnaldo Correia de Medeiros.

Ele foi indicado pelo líder do PL na Câmara, Wellington Roberto (PB). O partido tem como principal cacique o ex-deputado Valdemar Costa Neto.

A legenda faz parte do Centrão, grupo de partidos que integrou os governos do PT e agora adere ao de Jair Bolsonaro. É a 11ª indicação do Centrão desde que o presidente se aproximou do grupo.

Medeiros é professor da Universidade Federal da Paraíba.

A secretaria de Vigilância em Saúde é a responsável por acompanhar a disseminação do coronavírus no país e pelas ações de prevenção.

O cargo é ocupado temporariamente por Eduardo Macário. O último titular no posto foi Wanderson Oliveira, que deixou o posto em 15 de abril.

A decisão de nomear Arnaldo Correia de Medeiros foi tomada na 2ª feira (1º.jun.2020) no fim do dia. A equipe do ministro interino, general Eduardo Pazuello, entrevistou Medeiros. A nomeação ainda não foi publicada.

Pazuello é interino, mas o presidente já sinalizou que ele deve ficar no cargo por algum tempo.

Antes dele, no governo Bolsonaro, comandaram a pasta Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich.

1 Comentário

Comente