Uncategorized

Vila A de Itaipu transfomada em grande parque a céu aberto

Do CTG Charrua ao viaduto, boa parte da ciclovia está concluída. Paralelamente à construção, Itaipu está fazendo o plantio de 2.700 mudas nativas para compensar o corte de árvores.

Aos poucos, a Vila A, bairro historicamente ligado à usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), vai ganhando melhorias por toda parte, com investimentos diretos da empresa. A ideia é que, no futuro, o lugar se transforme num grande parque a céu aberto.

Diversas iniciativas na região, como recursos em segurança, iluminação e diversidade da recreação esportiva, vão melhorar a infraestrutura e elevar a qualidade de vida no bairro, que ainda vai integrar o projeto Cidade Inteligente – uma parceria entre a Itaipu, o Parque Tecnológico Itaipu e a Prefeitura.

Com 4.800 metros de extensão, a ciclovia vai circundar o trecho entre a BR-277 e as avenidas Garibaldi, Andradina e Paraná. A obra inclui ainda a construção de calçadas, drenagens, espaço para prática de caminhadas e iluminação complementar. O contrato de R$ 8,4 milhões é financiado pela Itaipu. Parte da obra já está concluída. Em breve o local deverá se tornar um novo ponto de lazer, locomoção e prática de atividades físicas, para ciclistas e pedestres.

A área é próxima ao Mercado Municipal, em construção, e ao Gramadão, que passará por uma total revitalização. Todas essas iniciativas da Itaipu, com recursos de mais de R$ 900 milhões, em diferentes frentes, integram o Programa Acelera Foz, que reúne oito entidades parceiras para a retomada da economia da cidade. A Diretoria de Coordenação da Itaipu é a responsável pela gestão direta da maioria das obras.

Paralelamente à ciclovia e também à aquisição de terrenos, a Itaipu está fazendo o plantio de 2.700 mudas em uma área degradada na entrada da Vila A, para compensar o corte de árvores exigido para a criação de uma ciclovia. O trabalho de compensação florestal teve início na última sexta-feira (29).

Para o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, essa é mais obra que gera legado para Foz do Iguaçu, que no dia 10 de junho completa 106 anos. “Mais que uma opção de lazer para a comunidade, ela representa um grande salto de qualidade para quem vive e frequenta o local.”

Todos os investimentos da Itaipu mostram o comprometimento da atual gestão da empresa com o município, onde está localizada a usina. O trabalho é feito em consonância com as diretrizes do governo federal.

1 Comentário

  1. As obras são super bemvindas a cidade. É impressionante a quantidade de melhorias que esta gestao esta fazendo em tao pouco tempo. É abissal que tenhamos ficados com a turma petista, na gestao do SAMEK, com 13 anos de administracao sem qualquer legado, melhoria, obra para a sociedade. Deveria ser investigado para onde foi todo aquele dinheiro? “Patrocinando” congressos, shows, palestras? Realmente uma vergonha!!!
    Agora, tambem ressalto, que toda essa melhoria na vila A, nao foi realizada por meio de debate com a populacao iguassuence. Sera que que a Vila A é o melhor local? Por que nao fazer na beira rio? Com todos os meritos da atual gestao (nota 9,5) é importante frisar deveriamos ter uma maior participacao da sociedade para dirigir os esforcos financeiros para a melhoria da sociedade como um todo e nao so da vila A, que por si so, ja tem grande infra estrutura, centralidades e etc.
    Para pensar!

Comente