Uncategorized

Bolsonaro chama manifestantes
de “marginais” e “maconheiros”


O presidente Jair Bolsonaro voltou a chamar os manifestantes de grupos pró-democracia contrários ao seu Governo de “marginais” e “terroristas” e pediu que as forças de segurança do país atuem contra as manifestações marcadas para este domingo se os grupos “extrapolarem” os limites. Bolsonaro pediu que seus apoiadores não façam manifestações no domingo e afirmou que os manifestantes contrários a seu Governo são “marginais, maconheiros terroristas, que querem quebrar o Brasil em nome de uma democracia que nunca souberam o que é e nunca zelaram por ela”. As declarações foram feitas durante inauguração do hospital de campanha em Águas Lindas de Goiás, no entorno de Brasília, que será usado para atender vítimas do novo coronavírus. (Reuters)

5 Comentários

  1. antonius block Responder

    Uau o boçal deve estar abusando na dose dos remédios, ou vai ter que trocar de tranquilizante, este já não está mais fazendo efeito.

  2. A vá, seu Coiso, vai pro curar tua turma. Só porque não gosta do seu governinho mequetrefe é terrorista? Passa amanhã!

  3. PEDROCA DO SUDOESTE Responder

    O nobre Presidentre realmente a cada dia que passa demonstra que não tem capacidade e equilibrio para comandar o país. Fazer demagogia com quem não o apóia é santa ignorância.

  4. PEDROCA DO SUDOESTE Responder

    Que moral tem o Presidente falar em democracia ? Apóia fechar o Congresso Nacional, apóia fechar o Supremo, fica agora escondendo números da Covid 19 no Ministério da Saúde. Falta muita transparência em seu governo, esconde dados do Cartão corporativo e ai vai. Estamos em um mato sem cachorro realmente.

  5. Se é a favor do governo tudo bem, se é contra não pode.
    Governo desqualificado, fica achando que tem maioria da população mas não tem. Esse governo já acabou o difícil e esperar a próxima eleição.

Comente