Uncategorized

MPF dá 72h para Ministério explicar mudança na divulgação de mortes

O MPF (Ministério Público Federal) abriu um procedimento extrajudicial para apurar os motivos que levaram o Ministério da Saúde a excluir o número acumulado de mortes por covid-19 do Painel de Informações. O ministro interino da Saúde, general do Exército Eduardo Pazuello, tem o prazo de 72h para enviar informações detalhadas sobre o tema.

O procedimento foi aberto pela Câmara de Direitos Sociais e Fiscalização de Atos Administrativos do MPF no sábado (6). Foram solicitadas informações e documentos, incluindo a cópia do ato administrativo que determinou a retirada do número acumulado de mortes do painel.

Também deve ser esclarecido pelo ministro da Saúde se houve outras modificações e supressões de dados públicos reativos à pandemia. Em caso positivo, os fundamentos técnicos que embasaram essa decisão devem ser especificados.

3 Comentários

  1. Revoltis,
    O MP pra encher o saco e vc para puxar o saco! Pelamor de Deus, vc é um cara que vive no país das maravilhas. Se der um chute no saco do Bolsonaro não vai ter dentista que dê jeito em seus dentes!

  2. Por que não questionam a PF que arquivou o caso ADELIO dizendo que ele agiu supostamente sozinho, mas no caso Marieli, o caso segue até ele envolverem o PRESIDENTE em alguma armação politica.
    O nosso judiciario não consegue esconder a parcialidade dos fatos.

Comente