Uncategorized

Ministério Público cobra explicações da Prefeitura de Curitiba

A Promotoria de Justiça de Proteção à Saúde Pública de Curitiba do Ministério Público do Paraná (MPPR) instaurou procedimento para acompanhar os ”recuos” da Prefeitura de Curitiba sobre o Decreto em vigor desde ontem.

Foi fixado prazo de cinco dias para o Município responder os ofícios. A partir das respostas, serão avaliadas as medidas necessárias, inclusive o ajuizamento de nova ação contra o Município de Curitiba. O MPPR quer saber o motivo de atividades em shoppings, academias e restaurantes estarem liberadas, quando deveriam estar suspensas durante o alerta laranja.

3 Comentários

  1. O MP também precisa chamar os comerciantes e empresários para prestar esclarecimentos…
    Pois a pressão para reabrir de forma irresponsável e temerária partiu deles…

  2. Clovis Antunes Responder

    MP por que não te calas????? Em relação ao governo do Estado é omisso, em relação aos empresários é omisso, em relação aos grandes bandidos é conivente….

  3. O MP precisa responsabiilizar criminalmente o Prefeito e seu SEcs de Governo e saúde…Urgente

Comente