Uncategorized

Opuszka propõe “Pacto pela Água”

Curitiba tem sofrido com a falta de abastecimento de água e a pergunta que o candidato petista Paulo Opuszka faz é “a culpa é da falta de chuva ou da administração pública”? Ele mesmo responde: de ambos. E faz um alerta: a parte que cabe ao estado é fator fundamental para garantir o abastecimento de água à população em períodos de estiagem. “Estamos em meio a uma crise hídrica que vem se estendendo e que deve durar um bom tempo ainda. Não se pode dizer que é apenas culpa da falta de chuvas. Isso retira a responsabilidade dos gestores”, avalia. Opuszka lançou hoje o “Pacto pela Água” o qual irá garantir investimentos necessários nas obras de ampliação do sistema de captação de água.

“A falta de políticas públicas ambientais voltadas à preservação e proteção das nascentes de rios, dos remanescentes florestais explica em grande parte a situação que vivemos agora. Situação essa que é agravada por uma pandemia e a inércia dos governos municipal e estadual para encontrar saídas”, destaca o candidato.

Ainda dentro do Pacto pela Água estão as seguintes propostas: distribuição de caixas d’água para famílias de baixa renda; garantir às famílias beneficiárias de programas de transferência de renda o acesso à tarifa social; a preservação das nascentes e dos mananciais; a despoluição dos rios; aperfeiçoamento dos instrumentos de regulação dos serviços e dos mecanismos de participação social; e mais investimentos em educação ambiental.

“Temos o compromisso ético e político de contribuir para enfrentar as mudanças climáticas e reduzir os efeitos de chuvas muito volumosas ou das secas prolongadas, que afetam não só o abastecimento de água, mas também as atividades agropecuárias”, finaliza Opuszka.

3 Comentários

  1. Compadre CAMPANA. Favor, avisa ao pessoal da diretoria da SANEPAR para encomendar um estudo de viabilidade técnica e econômica para projeto de captar e dessalinizar água do mar(região da Antônina), É publico e notório que captar água de RIOS na região de Curitiba já não é mais viável.

  2. Parabéns candidato, disse tudo mas assim mesmo não leva o meu voto mas estou de acordo, a culpa é tanto da Prefeitura quanto do Estado, é um somatório de incompetências. Será que um dia a estatal da água e do saneamento básico vão se preocupar com a captação, tratamento e distribuição da água de forma racional? Nem falo das inevitáveis perdas na rede de distribuição, aí seria aumentar o tamanho do problema

Comente