Uncategorized

João Arruda anuncia Universidade do Trabalhador

Nesta terça-feira (13), o candidato João Arruda (MDB) abriu a série de entrevistas da BandNews FM, e anunciou a criação da universidade do trabalhador voltada a qualificação profissional e ao incentivo à criação de novos empregos. João Arruda também criticou o vai e volta dos decretos da prefeitura sobre a pandemia, feitos sem seguir os critérios técnicos dos especialistas epidemiológicos e sem ouvir o setor produtivo para buscar alternativas. “A prefeitura perdeu a chance de ser parceiro dos empresários, e fazer uma política de incentivos tributários para que as pessoas pudessem sobreviver durante a crise da pandemia”, disse.

Na entrevista de 20 minutos, João Arruda afirmou que a retomada passa por criar linhas de crédito nos moldes do Simples Nacional, cuja lei o próprio candidato relatou no Congresso Nacional, que abriu a possibilidade de empréstimos com juros mais baixos e com menos burocracia. “A prefeitura pode ser parceira de um banco comunitário, criar uma cooperativa para apoiar quem quer empreender na nossa cidade, assim como é preciso criar uma política de desburocratização das pequenas empresas para que rapidamente elas possam funcionar”, disse.

Ainda na temática de retomada econômica, João Arruda defendeu um plano de geração de empregos, e anunciou a criação da Universidade do Trabalhador. “É preciso criar esse instrumento de capacitação e formação dos trabalhadores”.

“Eu vou criar a Universidade do Trabalhador, para capacitar os trabalhadores e direcioná-los nessa grande parceria com o setor produtivo, para que eles possam ser encaminhados. Para o empresário interessa muito pois é mão-de-obra qualificada e rápida”, completou.

3 Comentários

  1. Já pagamos SEBRAE, SESI SENAC, para que precisamos gastar mais com isto? Tem é que fazer este povo trabalhar

Comente