Uncategorized

João Arruda vai ampliar políticas públicas para os deficientes visuais

Nesta quarta-feira (11), João Arruda (MDB) e o candidato a vereador Henry Xavier (MDB) conversaram com a diretoria da Adevipar (Associação dos Deficientes Visuais do Paraná) sobre as demandas dos cegos e apresentaram as propostas para as pessoas com deficiência (PcD) já inclusas no plano de governo.

“É um compromisso, uma parceria, e não poderia ser diferente. A maior prioridade é cuidar das pessoas que mais precisam, das pessoas com deficiência. Sei do cuidado e da necessidade da atenção que os profissionais precisam ter para trabalhar com as pessoas que têm deficiência”, afirmou João Arruda com formação e experiência nas áreas de Ciência da Saúde e Gestão Pública.

Dentre as propostas de João Arruda estão retomar o estímulo às empresas privadas na contratação de mais pessoas com deficiência e na definição de orçamento dar prioridade à educação especial através da qualificação dos professores e outros servidores, por exemplo, urbanismo com acessibilidade, além de manter o diálogo com o setor para ampliar a construção de políticas públicas.

Vila dos Cegos – “A reunião foi muito importante para firmarmos o compromisso com a associação e também, contar com o apoio da diretoria, nas pessoas do presidente Gastão Junior Voltas, dos diretores Renato e Paulo e também com a participação do professor Bill.” disse o candidato Henry Xavier, que também é deficiente visual.

Após a reunião, João Arruda e Henry Xavier foram até o bairro do Santa Quitéria para conhecer a famosa Vila dos Cegos, onde também foram apresentadas as dificuldades dos moradores daquela região com a falta de acessibilidade e uma melhor sinalização nas ruas que passam no entorno da vila.

“Reiteramos o compromisso junto às pessoas com deficiência, e também, com todos que necessitam de instituições assistencialistas, que empenham um papel importantíssimo de acolhimento, encaminhamento e apoio, e que o município não consegue realizar”, completou.

Área de anexos

Comente