Uncategorized

Curitiba bate recorde de novos casos de Covid-19 pelo 2º dia seguido

Casos dos últimos dias podem ter relação com o feriado de FinadosA Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba confirmou, nesta quarta-feira (18), 914 novos casos de Covid-19. Foi o maior número de confirmações em um único dia desde o início da pandemia. Um dia antes, foram 879 confirmações, que também era até ontem o recorde de casos confirmados em um boletim. Além dos novos casos de infectados, foram registrados mais 11 mortes pela doença. Agora o total de óbitos é de 1.593. O total de casos chegou a 62.649 na Capital.

Os números de novos infectados começaram a subir no dia 11 de novembro. Até então, os meses de setembro e outubro apresentavam uma certa estabilidade e tendência de queda. Os casos diários variavam na casa de 300 a 400 diários. Desde a semana passada os casos voltaram para a casa dos 700 diários e, na terça foram para mais de 800 e agora na casa dos 900.

A semana começou com hospitais na Capital informando que suas unidades de terapia intensiva (UTIs) voltaram a ficar cheias. Por conta disso, na terça-feira a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba suspendeu as cirugias eletivas — aquelas sem urgência — como forma de precaução. A Secretaria de Estado da Saúde suspendeu a desativação de leitos UTI que vinha acontecendo desde o último mês, quando os números da pandemia vinham em queda. Estas medidas, por enquanto, são apenas uma salvaguarda.

Apesar disso, na última sexta-feira a Prefeitura de Curitiba manteve a bandeira amarela de risco para a doença. Para a saúde, os números atuais seriam reflexo do feriado de Finados, no começo do mês, que registrou grande movimento de viagens e também dentro da cidade.

Testagem
No Estado a situação também não é confortável. Na quarta-feira foram 1.328 casos confirmados e 35 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Nesta semana, a Secretaria de Estado da Saúde orientou os municípios a realizarem mais testes com a população.

“A nossa vacina hoje é a testagem, é o exame RT-PCR, o teste que identifica que a pessoa está infectada e que deve ficar isolada”, afirma o secretário Beto Preto. Precisamos que os municípios se organizem e façam a coleta para mais exames RT-PCR para identificação da doença”, ressaltou o secretário.

Ontem a secretaria confirmou mais 1.328 casos e 35 mortes pela Covid-19. Os dados acumulados do monitoramento mostram que o Paraná soma 243.654 casos e 5.742 mortos.

Já o Brasil confirmou ontem o registro de 756 novas mortes por Covid-19 e 34.091 novos casos da doença. No total, o número de mortes em consequência da pandemia do novo coronavírus chegou a 167.455 e o de casos a 5.945.849.

Primeira vacina a concluir testes tem 95% de eficácia
A grande notícia, ontem, no mundo, veio da farmacêutica Pfizer Inc, que informou que os resultados finais do teste de estágio avançado de sua vacina para Covid-19 mostram que o imunizante é 95% eficaz, acrescentando ter os dados de segurança exigidos referentes a dois meses e que solicitaria autorização para uso emergencial nos Estados Unidos em alguns dias. As informações sõa da Agência Brasil.

Outra vacina em testes, a CoronaVac, também apresentou alguns resultados. Dados preliminares de testes clínicos com a vacina experimental da chinesa Sinovac, mostraram rápida reposta imune.Os pesquisadores disseram que o imunizante pode fornecer proteção suficiente, com base na experiência com outras vacinas e em dados de estudos pré-clínicos em macacos.

Ontem, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) definiu os procedimentos de submissão contínua de dados técnicos para o registro de vacinas contra a covid-19. Na prática, ela flexibilizou algumas exigências para o registro dos imunizantes como maneira de acelerar os processos. (Bem Paraná)

Comente