Uncategorized

Com o voto de Traiano, deputados aprovam majoração das taxas dos cartórios


Para a indignação da sociedade civil organizada, foram aprovadas duas emendas apresentadas pelo deputado Tião Medeiros, sendo uma delas a que prevê reajuste de 12,43% nas custas cartoriais. Em nota, a OAB lamentou que a Assembleia tenha aprovado a majoração porque qualquer cidadão se dá conta de que o momento é inapropriado para decisões dessa natureza.

“É um reajuste inoportuno, com impacto para toda a sociedade. Por isso, cumprimentamos os deputados que votaram contra o reajuste e a favor dos paranaenses neste momento em que lutamos para reerguer a economia”, afirma o presidente da OAB Paraná, Cássio Telles

A Ordem dos Advogados do Brasil, secional do Paraná, informa que “a mobilização da sociedade civil, incluindo a da OAB Paraná, foi decisiva para derrubar na Assembleia Legislativa do Paraná a maior parte das emendas que elevariam diversas taxas e emolumentos cobrados pelos cartórios extrajudiciais — em alguns casos em patamares acima de 100%. Contudo,

A aprovação do aumento se deu por margem apertada e precisou contar com o voto decisivo do presidente da casa, deputado Ademar Traiano, que foi favorável ao aumento. Na prática, de acordo com a OAB Paraná, o reajuste será de mais de 15%, pois a tabela passará a vigorar a partir de 1º de janeiro, já com o acréscimo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

7 Comentários

  1. Olá boa tarde Fábio, a manutenção de líderes no mesmo cargo, cria estagnação da evolução natural da sociedade, promove a ausência de luz, que prejudica a transparência e ausência de oxigênio nos escaninhos da ALEP. Vejamos esse caso de agora , de aumento das tarifas dos tabelionatos e dos cartórios de registros. Ainda estamos em momento difícil, promovido pelo vírus chines, agora aliado aos deputados estaduais, para afrontar a sociedade com mais despesas, para continuar sua luta de sobrevivência. É chegado a hora de se discutir a ALTERNÂNCIA DOS GRUPOS no comando da ALEP. O atual mandatário, o Rodrigo Maia do PARANÁ, sucessor do deputado decano da ALEP, o ANIBAL CURI, deseja superar o seu antecessor. Essa posição prostrada dos deputados do baixo clero, é indigna. Temos que mobilizar a sociedade, para propor alteração na Constituição Estadual, deliberando pela ALTERNÂNCIA DOS GRUPOS POLÍTICOS NOS CARGOS DIRETIVOS DA ALEP. Não pode mais ocorrer a reeleição na mesma legislatura. O que ocorreu agora é a transferência de renda, da camada mais humilde da sociedade, que busca garantir suas propriedades, para os cartorários,. PONTO. Atenciosamente.

  2. Tinha que ser o deputado do meu município ninguém merece pelo que sei ele não tem familiares donos de Cartório certo ?

  3. Qual a justificativa para o aumento. Aumentou a tinta do carimbo ?? Absurdo o que estes Canalhas em nome do povo estão fazendo conosco! Vergonha !!! Cadê o Ministério Público??? Cadê os representantes do Povo ??

  4. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI Responder

    Na última eleição já se elegeu com as calças na mão. Na próxima, graças a Deus, estará fora.

Comente