Uncategorized

Ricardo Barros deve assumir
o Ministério da Saúde

Líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal, o deputado paranaense Ricardo Barros (PP) voltou a ser cotado para assumir o Ministério da Saúde, em substituição ao general de três estrelas Eduardo Pazuello. O governo aguarda apenas o início da vacinação contra o coronavírus para substituir o general. Barros já ocupou o mesmo cargo no governo Michel Temer.

O general Pazuello é alvo de críticas de assessores do próprio presidente Jair Bolsonaro, por ter apostado em uma só vacina contra o Covid-19, e por episódios como os quase 7 milhões de testes para diagnóstico do coronavírus próximos ao vencimento guardados em um galpão em Guarulhos (SP), o das 20 milhões de máscaras cirúrgicas adquiridas pelo governo em março — das quais apenas 3 milhões tinham chegado ao seu destino até setembro, segundo o Tribunal de Contas da União.

4 Comentários

  1. Mais um PASPALHO prá enfiar o pé na jaca…
    Coloquem o Delfim Neto, ele já foi ministro da agricultura…

  2. Agora o governo do Pinóquio começa de fato, ressuscitando múmias como o RB, é o esperado mais do mesmo.

  3. É o jeito! Um general na Saúde é caso de polícia! Daqui a pouco o “guvernu” do Bozo estará inguar quenem o da Anta!

Comente