Uncategorized

Retrato em branco e preto


Segundo Atlas da Violência 2020 publicado pelo Ipea houve 57.956 homicídios no Brasil em 2018, equivalente a 27,8 por 100 mil habitantes. A proporção entre jovens de 15 a 29 anos é bem maior: 60,4 homicídios por 100 mil habitantes. Adolescentes homens, entre 15 e 29 anos, são os mais atingidos: 55,6% de todas as mortes nessa faixa foram homicídios. E no que se refere à etnia, enquanto a taxa de mortes violentas entre negros (pessoas que se declaram pretas ou pardas) foi de 37,8 mortes por 100 mil habitantes. Ou seja, para cada não negro assassinado no país, 2,7 negros foram mortos.

1 Comentário

  1. É interessante notar que as mortes nas faixas compreendidas entre 15 a 29 anos se dá na sua grande maioria a crimes ligados ao tráfico de drogas, por isto o alto número de homens assassinados. Em relação aos de negros não sei qual é a razão, mas talvez porque eles sejam a maioria da população, daí a maior incidência..

Comente