Uncategorized

Bolsonaro ignora Anvisa e diz que vacina não tem eficácia comprovada

Apesar da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o presidente Jair Bolsonaro segue afirmando que a coronavac não em eficácia comprovada. Ele disse nesta nesta sexta-feira, 22, que “não há nada comprovado cientificamente sobre essa vacina aí”. Bolsonaro deu a declaração a jornalistas na porta do Palácio da Alvorada. Ele repetiu, como tem feito nas últimas semanas, que a vacinação não será obrigatória.

A única vacina aplicada no Brasil até o momento é a CoronaVac, que teve uso emergencial aprovado pela Anvisa no dia 17. A aprovação da Anvisa significa que a vacina tem a eficácia e a segurança necessárias para ser aplicada emergencialmente. A afirmação do presidente Jair Bolsonaro não é verdadeira. A eficácia e a segurança da CoronaVac foram comprovadas em ensaios clínicos conduzidos no Brasil. No país, a vacina é fabricada pelo Instituto Butantan, em São Paulo, instituição pública de pesquisa ligada ao governo do estado.

A Anvisa aprovou o uso emergencial da CoronaVac e da vacina da Universidade de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca por unanimidade dos votos da diretoria.

1 Comentário

  1. Coitado, de uma tacada só se desmoralizou mais ainda. Ofendeu e desmereceu todo o pessoal da Anvisa, cuspiu na cara de pesquisadores e estudiosos e mais uma vez deu prova de que odeia a Ciência. Caminha para um inevitável impeachment, pedido e sugerido por ele mesmo, uma pena, o Brasil não merece tanta incompetência.

Comente