Uncategorized

Justiça determina prisão do
deputado federal Boca Aberta


Parlamentar foi condenado por perturbação do sossego e deve passar 17 dias no regime semiaberto. Boca Aberta (Pros) disse que vai se entregar na terça-feira (26).

A Vara de Execuções Penais de Londrina, no norte do Paraná, expediu um mandado de prisão contra o deputado federal Emerson Petriv (Pros), mais conhecido como Boca Aberta. O parlamentar foi condenado a 17 dias de prisão em regime semiaberto por perturbação de sossego. O documento foi expedido pela Justiça no dia 15 de janeiro.

A condenação é referente a uma confusão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim do Sol, em janeiro de 2017, na qual o ex-vereador estava envolvido. À época, Boca Aberta chegou a ser levado para a delegacia. Ele afirmou que tinha recebido denúncias de usuários sobre problemas no atendimento. O deputado disse que o pedido de prisão já havia sido revogado em 2020. Apesar disso, o parlamentar informou que irá se entregar para cumprir a pena no Centro de Reintegração Social de Londrina, na terça-feira (26).

1 Comentário

  1. Marcelo Benjamim Responder

    fiscalizar saúde em favor da população não pode pegar médico dormindo no plantão não pode médico que bate o ponto e vai atender na sua clínica particular pode médico corrupto,câmara de vereadores pode,cobrar propina por venda de zoneamento da cidade para empresário pode defender a população de médico dormindo não pode enfim essa é a justiça de londrina

Comente