Uncategorized

Melina, filha de Fachin, quer
impeachment de Bolsonaro


Saia justa para o ministro? Nada, o fato apenas faz lembrar que Edson Fachin foi petista de carteirinha, bandeira e militância na época em que Lula e Dilma estavam no poder. Isto deve ter influenciado a formação da filha, Melina Girardi Fachin, professora e advogada de méritos pessoais amplamente reconhecidos no universo acadêmico.

Filha do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, Melina aparece num manifesto de professores da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná (UFPR) pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro. No total, 43 docentes assinam o documento lançado nessa terça-feira (26).

No manifesto, os professores da UFPR destacaram três principais pontos que justificariam o impeachment: os ataques às instituições, a perseguição ao livre exercício dos poderes e à imprensa livre e a “violação do direito à saúde” no contexto da pandemia do coronavírus.

“Há, diante de tudo isso, massivas violações a direitos humanos e evidentes e sucessivos crimes de responsabilidade que merecem, urgentemente, apuração, processamento e julgamento”, diz um trecho do texto.

2 Comentários

Comente