Uncategorized

Lewandowski levanta sigilo e dá acesso a conversas de Moro com procuradores da Lava Jato

Esta é uma grande vitória do ex-presidente Lula. O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), levantou o sigilo e deu acesso a 50 páginas de conversas de Moro com os procuradores da Lava Jato. Agora, a Defesa de Lula fará um pente-fino nas mensagens para reforçar as acusações de que Sergio Moro, ex-juiz federal da Lava Jato, estabeleceu conluio com o grupo de Procuradores liderados por Deltan Dallagnol, armação em que os dois tratavam Lula como um “inimigo” e que culminou com a condenação de Lula a nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

No mês passado, Lewandowski determinou que a 10ª Vara Federal Criminal do DF compartilhasse com a defesa de Lula, em um prazo de até dez dias, as mensagens que “lhe digam respeito, direta ou indiretamente”, bem assim as que tenham relação com investigações e ações penais contra ele movidas na Justiça Federal de Curitiba ou “qualquer outra jurisdição”.

Na decisão de dezembro, o ministro do Supremo indicou ainda que os arquivos da Spoofing somam cerca de 7 TB de memória, ‘envolvendo inclusive terceiras pessoas’. Nessa linha, o magistrado reforçou na ocasião que os dados e informações relacionados a tais pessoas “deverão permanecer sob rigoroso sigilo”.

1 Comentário

  1. Eu sabia que uma hora a verdade ia aparecer independente de quem seja a justiça tem que prevalecer

Comente