Uncategorized

Bolsonaro paga fatura e entrega ministério a aliado de ACM Neto


João Roma, ligado a ACM Neto, é o novo ministro da Cidadania

O deputado federal João Roma (Republicanos-BA) foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para ser o novo ministro da Cidadania, pasta responsável por gerenciar os programas sociais do governo, como o Bolsa Família. Roma substitui Onyx Lorenzoni, que sairá da Cidadania para a Secretaria-Geral da Presidência.

“Da minha parte, está decidido. Pode ser amanhã (quarta, dia 10) o anúncio oficial mas ao que tudo indica será depois do carnaval”, disse Bolsonaro em conversa com apoiadores nessa terça-feira (9). A informação foi divulgada pelo portal R7 e confirmada pelo Congresso em Foco,com o deputado federal Jonathan de Jesus (Republicanos-RR), que liderou o partido na Câmara nos anos de 2019 e 2020..

O Republicanos se aproximou do governo no início de 2020, quando a bancada do partido na Câmara se reuniu com Bolsonaro. O partido já indicou cargos na administração federal como secretarias dos ministérios da Agricultura e do Desenvolvimento Regional.

A legenda tem fortes ligações com a Igreja Universal do Reino de Deus. O presidente do Republicanos, Marcos Pereira, e o ex-prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella são bispos da igreja.

Deputado de primeiro mandato, João Roma é muito próximo ao presidente nacional do DEM, ACM Neto, que há poucas semanas deixou a Prefeitura de Salvador, de quem foi chefe de gabinete e o conhece há 30 anos.

Antes de ser filiado ao Republicanos, Roma era do PFL, antiga denominação do DEM e já foi presidente da juventude do partido. O deputado da Bahia é da ala do Republicanos que não tem ligação com a Universal.

Nos últimos dias, ACM Neto tentou fazer o aliado desistir de aceitar o posto para evitar dar a impressão de que indicou pessoas para cargos no governo de Bolsonaro. (Do Congresso em Foco).

Comente