Uncategorized

Alep aprova educação presencial como atividade essencial no Paraná

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou na manhã desta quarta-feira (17), em segunda discussão, o projeto de lei que torna a educação presencial uma atividade essencial no Paraná.

Líder do governo e presidente da Comissão de Educação da Casa, o deputado estadual Hussein Bakri (PSD) explica que a medida garante segurança jurídica ao retorno às aulas. Uma emenda aprovada ao texto assegura aos servidores da educação prioridade na vacinação contra o coronavírus, dentro do Plano Estadual de Imunização.

O retorno presencial dos alunos está previsto para o dia 1º de março de forma híbrida, com parte dos estudantes dentro das salas de aula e os demais de casa, acompanhando as aulas virtualmente. A presença dos alunos nas escolas é de livre escolha dos pais, será limitada a no máximo 50% das turmas e seguirá todos os protocolos médicos e sanitários.

Além da retomada do desenvolvimento pedagógico dos alunos após um ano, a reabertura das escolas vai garantir uma alimentação de qualidade aos estudantes e amenizar o problema de pais que não tinham com quem deixar os filhos para poder trabalhar.

Comente