Uncategorized

Anvisa concede registro definitivo
para a vacina Pfizer


EL PAÍS – “O imunizante do Laboratório Pfizer/Biontech teve sua segurança, qualidade e eficácia, aferidas e atestadas pela equipe técnica de servidores da Anvisa que prossegue no seu trabalho de proteger a saúde do cidadão brasileiro”, informou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em nota. “Após um período de análise de dezessete dias, a Gerência Geral de Medicamentos, da Segunda Diretoria, concedeu o primeiro registro de vacina contra a Covid 19, para uso amplo, nas Américas”, diz a mensagem.

Atualmente, a Pfizer e o Governo Bolsonaro travam um embate que emperra a compra do imunizante. A empresa impõe como condição para a venda de sua vacina que os governos se responsabilizem por eventuais disputas judiciais decorrentes de efeitos adversos. A empresa argumenta que a cláusula é imposta no mundo inteiro, mas o Governo brasileiro não abre mão da mudança. “Não podemos comentar as negociações em curso com o governo brasileiro, mas afirmamos que as cláusulas que estão sendo negociadas estão em linha com os acordos que fechamos em outros países do mundo – inclusive na América Latina”, argu mentou a empresa em nota neste mês. Segundo a Pfizer, apenas Brasil, Argentina e Venezuela questionaram esses termos para a aquisição da vacina.

Comente