Uncategorized

Deputado Soldado Fruet pede auxilio-alimentação para os PMs


O deputado estadual Soldado Fruet (Pros) protocolou nessa quinta-feira (25) um expediente solicitando ao governador Ratinho Junior a imediata concessão de auxílio-alimentação aos policiais e bombeiros militares do Estado do Paraná. “A falta de verba para alimentação demonstra inequivocamente o quão deficiente é o amparo do Estado àqueles que nos protegem”, destacou o parlamentar no requerimento.

O Soldado Fruet ressaltou que o direito à alimentação adequada está previsto no artigo 25º da Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948. E no Brasil, em fevereiro de 2010, foi aprovada a Emenda Constitucional nº 64, que incluiu a alimentação como direito social expressamente previsto no artigo 6º da Constituição Federal. “Porém, isso não necessariamente significa a garantia da realização desse direito na prática. Como sabemos, para os militares do Estado do Paraná esse direito não foi garantido”, apontou.

No documento ao governador, o deputado salientou que a atividade policial é caracterizada por jornadas extenuantes de serviço, com enorme desgaste físico e psicológico. “A falta de alimentação adequada contribui para o agravamento das situações que os policiais e bombeiros enfrentam diariamente. Portanto, nada mais justo que o Estado do Paraná ofereça verba indenizatória para cobrir os custos de refeição daqueles que se encontram no exercício de suas funções, assim como é franqueado para milhares de servidores públicos civis”, argumentou, lembrando que a Lei nº 17.169/2012 não incorporou de maneira expressa no valor do subsídio a verba referente ao vale-alimentação, diferentemente do que fez com várias outras modalidades de indenização.

5 Comentários

  1. Aleluia, Até que enfim alguém para defender uma categoria que vem sendo tratada como RESTO.
    Já que não existe um plano de cargos e salários, assim como é franqueado para milhares de servidores públicos civis:
    Vale alimentação, Vale transporte, Vale educação, Vale paletó, Vale-mudança, Vale prêmio, Vale tudo, auxílio-moradia, auxílio-fronteira, equiparação salarial com tabela do judiciário do PR, insalubridade.

  2. Aí o sem noção, vai pedir ajuda para o BOLSOLOCO, ou para o Exército que tem no estoque toneladas de picanha, queijo, Fua-gra, Wisque, vinhos, cervejas, leite-condensado, salmão, truta, bacalhau e até ovas de Esturjao.

  3. …quem nos protege mesmo, deputado ?
    Olha, tem muita gente desempregada que realmente tem boa fé e trabalharia contente feliz no cumprimento de seu dever.
    Não vejo polícia na rua.
    Só passando, de carro, de motocicletas e sempre chegando super atrasada nos locais de crime, deve ser para não dar problema e atrapalhar a aposentadoria próxima
    Tenha dó !

  4. Os PMs não terão rancho? Trabalharão na quarta-feira? E ainda terão o auxílio alimentação……. isso é pagamento em duplicidade

  5. Jorge Hardt Filho Responder

    Primeiro: Estão empregados o que na pandemia é uma benção. Segundo: O salário é mais que suficiente. Porque não dá parte do seu salário e dos seus assessores?
    É um demagogo quer fazer gentileza com chapéu alheio

Comente