Uncategorized

Lava Jato mantém prestígio
de caça aos corruptos


Em crescente desprestígio pelas revelações de manobras e conluios internos inadmissíveis entre Procuradores, polícia federal e o ex-juiz Sergio Moro, a Lava Jato de Deltan Dallagnol se segura no gosto popular. Levantamento da empresa Paraná Pesquisas indica que 69,2% dos brasileiros dizem acreditar que a Lava Jato fez bem ao Brasil. Outros 24,6% responderam que fez mal e 6,2% não sabem. E por que pensam assim? A maioria aplaude o papel de “justiceira” contra os corruptos que enriqueceram. Ou seja, o papel de anjo vingador faz sucesso imediato.

A pesquisa foi realizada de 16 a 19 de fevereiro de 2021, por meio de ligações telefônicas. Foram entrevistadas 2.264 pessoas em 200 municípios das 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 3 pontos percentuais e o nível de confiança é estimado em de 95%.

As entrevistas foram feitas na esteira da repercussão da operação Spoofing, deflagrada pela Polícia Federal em 2019 com o objetivo de investigar as invasões às contas de Telegram de autoridades brasileiras e de pessoas relacionadas à operação Lava Jato.

Comente